Ações dos CTT começam a negociar na Euronext após sucesso da privatização

Back

Lisboa - 5 de dezembro de 2013 – Os CTT - Correios de Portugal , SA (ticker: CTT) , o maior operador postal e um grande operador logístico em Portugal, celebram hoje a sua admissão à cotação na Bolsa Portuguesa, que faz parte da Euronext N.V., uma subsidiária da IntercontinentalExchange Group, Inc. (NYSE: ICE), após o sucesso da privatização.

O Estado Português alienou 70% do capital da empresa, através de uma oferta pública de venda
(21 000 000 de acções, ou 20% em oferta) e uma venda directa a investidores institucionais (84 000 000 de acções, ou 80% em oferta), tanto nacionais como internacionais. O Estado, através da Parpública- Participações Públicas, SGPS, S.A, mantém uma participação de 30%.

Hoje foram admitidas à negociação na Euronext Lisbon a totalidade das acções que perfazem o capital social total dos CTT, 150 000 000 de acções, que ao preço de abertura – € 5,90 - avalia a empresa liderada por Francisco de Lacerda em 885 milhões de euros. As 105 000 000 de acções em oferta foram vendidas na privatização a € 5,52. A procura na OPV foi mais de nove vezes a oferta.

"É com redobrada satisfação que acolhemos os CTT na Bolsa Portuguesa. Esta admissão à cotação representa uma nova fase para a empresa e para os seus stakeholders, mas também é um importante sinal de confiança no País e no nosso mercado de capitais, que assume uma particular relevância no contexto que atravessamos", afirmou Luís Laginha de Sousa, Presidente e CEO da Euronext Lisbon. “Esperamos que outras empresas, tenham em conta o exemplo dos CTT, e considerem o mercado de capitais como uma alternativa e um importante instrumento para financiarem as suas actividades e crescimento", acrescentou.

Sinto um enorme orgulho em partilhar este momento histórico no percurso desta grande empresa que é os CTT. O entusiasmo com que encarámos este desafio mantém-se, agora que finalizámos o processo de forma bem sucedida e as ações dos CTT são admitidas à negociação na Euronext Lisbon”, disse Francisco de Lacerda, presidente e CEO dos CTT. “Trabalhámos todos, CTT, Governo, Parpública e assessores com rigor, determinação e muito profissionalismo, permitindo que esta OPV fosse um êxito. A todos endereço os meus sinceros parabéns deixando também o meu agradecimento aos investidores que depositaram a sua confiança neste projecto”, adiantou.

Para comemorar a admissão à cotação na Bolsa Portuguesa, Francisco de Lacerda, presidente e CEO dos CTT, tocou ontem o sino que marcou o encerramento da sessão de bolsa, juntamente com o Ministro da Economia, Secretário de Estado das Finanças, Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, presidente e CEO da Euronext Lisbon, director de mercados da Euronext Lisbon, bem como o restante conselho de administração dos CTT.

Press Release Footer

About Euronext
Euronext is the leading pan-European market infrastructure, connecting local economies to global capital markets, to accelerate innovation and sustainable growth. It operates regulated exchanges in Belgium, France, Ireland, The Netherlands, Norway and Portugal. With close to 1,500 listed issuers worth €3.8 trillion in market capitalisation as of end June 2020, it has an unmatched blue chip franchise and a strong diverse domestic and international client base. Euronext operates regulated and transparent equity and derivatives markets and is the largest centre for debt and funds listings in the world. Its total product offering includes Equities, FX, Exchange Traded Funds, Warrants & Certificates, Bonds, Derivatives, Commodities and Indices. Euronext also leverages its expertise in running markets by providing technology and managed services to third parties. In addition to its main regulated market, it also operates Euronext GrowthTM and Euronext AccessTM, simplifying access to listing for SMEs. Euronext provides custody and settlement services through central securities depositaries in Denmark, Norway and Portugal. 
For the latest news, find us on Twitter (twitter.com/euronext) and LinkedIn (linkedin.com/euronext).

Disclaimer
This press release is for information purposes only and is not a recommendation to engage in investment activities. This press release is provided “as is” without representation or warranty of any kind. While all reasonable care has been taken to ensure the accuracy of the content, Euronext does not guarantee its accuracy or completeness. Euronext will not be held liable for any loss or damages of any nature ensuing from using, trusting or acting on information provided. No information set out or referred to in this publication may be regarded as creating any right or obligation. The creation of rights and obligations in respect of financial products that are traded on the exchanges operated by Euronext’s subsidiaries shall depend solely on the applicable rules of the market operator. All proprietary rights and interest in or connected with this publication shall vest in Euronext.

This press release speaks only as of this date. Euronext refers to Euronext N.V. and its affiliates. Information regarding trademarks and intellectual property rights of Euronext is located at www.euronext.com/terms-use.

© 2020, Euronext N.V. - All rights reserved.